Memórias do Campus da ETE FMC

Escola de Eletrônica  (ETE FMC)

ETE1.jpg

Idealizada pela benfeitora Luzia Rennó Moreira, conhecida como Sinhá Moreira, esta é a primeira escola de tecnologia da América Latina e a sétima do mundo. Para sua criação, em 1959, foi necessário que o então presidente, Juscelino Kubitschek, assinasse um decreto que autorizava a implantação de cursos técnicos em eletrônica no Brasil. Sua direção é realizada, desde a fundação, pela Cia de Jesus, instituição com quase 500 anos de experiência em Educação no Brasil.

Galeria  |  de imagens
Obras têm início
Obras têm início

press to zoom
ETE FMC, após o término da construção
ETE FMC, após o término da construção

press to zoom
As primeiras turmas
As primeiras turmas

press to zoom
Obras têm início
Obras têm início

press to zoom
1/4
 

As obras do Bispo Dom Vaz

Nascido em 26 de agosto de 1928 em Ouro Preto, Dom José Carlos de Lima Vaz SJ foi um grande benfeitor de nossa cidade. Ordenado sacerdote em 1957, o jesuíta empreendeu importantes obras enquanto foi diretor da ETE FMC, entre 1963 e 1973. Sua chegada aconteceu em um momento em que a escola passava por grandes dificuldades e os Jesuítas questionavam se conseguiriam seguir sem a participação de Sinhá Moreira. Grande parte das obras empreendidas na Escola de Eletrônica foram chefiadas por este líder que voltou a Santa Rita para viver seus últimos dias. 

Dom Vaz, nos tempos em que dirigiu a ETE FMC
Dom Vaz, nos tempos em que dirigiu a ETE FMC

press to zoom
Padre Vaz e o então prefeito, Professor Teixeira, inauguram cenro esportivo da ETE FMC
Padre Vaz e o então prefeito, Professor Teixeira, inauguram cenro esportivo da ETE FMC

press to zoom
Padre Vaz verifica chegada de equipamentos, vindos da Suécia
Padre Vaz verifica chegada de equipamentos, vindos da Suécia

press to zoom
Dom Vaz, nos tempos em que dirigiu a ETE FMC
Dom Vaz, nos tempos em que dirigiu a ETE FMC

press to zoom
1/4
 

Padre Raul Laranjeira

Quando devo ir? Esta foi a reação do padre Raul Laranjeira de Mendonça, ao ser nomeado diretor da ETE FMC, em 1973. O sacerdote atuava como vice-reitor da PUC, não conhecia Santa Rita, mas precisava completar a obra do padre Vaz. Economizando dinheiro e palavras, deixou importantes realizações. Após 12 anos de atuação, concluiu o seu ciclo, em 1985. Voltaria, 14 anos depois, para preparar a ETE para o futuro. Raul substituiu os equipamentos, reformou laboratórios, criou uma pré-incubadora e uma agência articuladora. Partiu no dia 26 de julho de 2006, aos 79 anos.

Padre Raul em sua primeira vinda para a ETE FMC
Padre Raul em sua primeira vinda para a ETE FMC

press to zoom
Padre Raul em formatura da ETE FMC
Padre Raul em formatura da ETE FMC

press to zoom
Padre Raul é entrevistado por aluno na Projete
Padre Raul é entrevistado por aluno na Projete

press to zoom
Padre Raul em sua primeira vinda para a ETE FMC
Padre Raul em sua primeira vinda para a ETE FMC

press to zoom
1/4